Despesas com Educação / Formação Profissional

Quem tem filhos ou esta a frequentar estabelecimentos de educação do Sistema Nacional de Ensino, ou outros que atribuam igualmente algum grau académico, podem reduzir 30% do valor total das despesas de educação até um limite de 760€. No entanto este limite é aumentado no caso de familias numerosas.
Para garantir que as despesas são dedutiveis deve ter, para cada despesa, o respectivo recibo com o número de contribuinte inscrito. Não serão aceites recibos que não identifiquem o titular.

DESPESAS COM EDUCAÇÃO QUE PODE APRESENTAR NO IRS

- Taxas de inscrição, propinas, mensalidades de jardins de infância, escolas do ensino básico ou superior.
- Material escolar como livros, cadernos, canetas lápis, etc.
- Transportes (incluindo passe mensal desde que seja apenas para utilização entre a residência e a escola).
- Alimentação e alojamento prestados por terceiros, desde que comprovada a necessidade de incorrer nesta despesa e tenham recibo comprovativo.
- Beneficios fiscais com computadores acabaram, mas se o computador, consumiveis ou componentes forem adquiridos no âmbito escolar ( Ex. Licenciatura em Engenharia Informática), estas despesas são dedutiveis.

FORMAÇÃO PROFISSIONAL

Se no âmbito da sua actividade necessita de se actualizar tecnicamente, os gastos com Formação Profissional são dedutiveis ao rendimento.

As deduções ao rendimento são diferentes das deduções à colecta porque são incluidas a 100% e não apenas uma percentagem como por exemplo o que acontece com a educação em que apenas são dedutiveis 30% do total das despesas.

Despesas que pode apresentar no IRS

- Cursos de formação, incluido os respectivos materiais didáticos, relacionados com a sua profissão.
- Livros técnicos
- Recistas técnicas
- Admissões em congressos
- Admissões em conferências